09/10/2009

Interrompe-se a solidão



interrompe-se a solidão
Quando em ti, encontro o meu espaço num abraço
No teu sorriso um abrigo
Quando tempo e espaço deixam de ter sentido
E em ti encontro um amigo
Interrompe-se a solidão
Se meu corpo encontra o teu
E no teu beijo me deparo com o meu desejo
Se no teu fogo fico sem fôlego
E o teu carinho espelha o meu


*****************
nn(in)metamorphosis
2009.09.30








1 comentário:

  1. tens a certeza que não és sagitariana?

    lindoooooooooooooo

    ResponderEliminar