NÃO!

NÃO!

24/03/2018

Mudança de hora


Na noite de Sábado, 24 de Março de 2018
para Domingo, 25 de Março de 2018, 
os relógios devem ser adiantados em uma hora 
à 01H00 são 02H00


19/03/2018

Obrigada


Nunca, nem eu, nem meus irmãos, vamos ter forma de agradecer, o que nos deixaste em legado. Obrigada pai. Obrigada pela casa onde nos criaste, pintada de alaranjado brilhante que, como dizias, era um permanente amanhecer. Não soubemos manter-lhe o brilho. Descobrimos que o brilho eras tu.


*****
2018-03-19
nn(in)metamorphosis



18/03/2018

Transitado em julgado



Tantas vezes
Forçada a impedir
Que o sangue ferva
Atira-se de encontro às grades
Da jaula que a contém
Donde não consegue fugir

E a saída é sonhar…

Levando de mão dada a alegria
Corre pela selva
Essa outra
Onde não há betão
Nem normas nem convenções
Que regem e dominam

E sente o que é ser livre…

Vive em harmonia
Respeita a natureza

Brinca com as feras

Corre atrás do vento 
Dorme ao relento 

E no outro dia…

Acorda com hematomas na alma
 Toma dois ben-u-ron
E acalma

Selvagem domesticada
Qual leoa enjaulada
Se volta a sentir

*****
2018-03-18
nn(in)metamrphosis 

Do tempo e das esperas


Chegara a um tempo em que: Esperava por tudo e por nada. Esperava por um sorriso e pela Primavera.


*****
2018-03-17
nn(in)metamorphosis 

16/03/2018

Do tempo teu e meu


Este é o nosso tempo,  um tempo que nunca passa. Nele, estamos juntos o tempo todo, e a espera, é apenas uma contagem de segundos em chamas.


*****
2018-03-16
n(in)metamorphosis
 

06/03/2018

02/03/2018

Em verdade vos digo



Há para o sofrimento
Um bom remédio afinal
Uma colherada de música
Ela leva todo o mal

Então…

Se é a tristeza que invade
de Jazz - uma colherada

Se atormenta a saudade
de chill out - uma colherada

Se um amor se esfumou
De Rock – uma colherada

Se a sorte viajou
Afro – uma colherada

Por uma esperança perdida
Não percas tempo na vida
Tenta fazer como eu

De Chopin à pimbalhada
Uma boa colherada
E já tudo se esqueceu

*****
2018-03-02
nn(in)metamorphosis

01/03/2018

Tabénhe prontus, aí vai a selfie


Tanta curiosidade, nem sei porquê, mas pronto, aproveitei que saí para tomar um cházinho e tirei uma selfie. Cá vai. Não saiu grande coisa, não sou grande espingarda a tirar fotos com o telemóvel, não que o seja com a máquina hihihihihi.

Taaaam

tantam tam tam

e é


3


2


1


Tcharaaaaaaaaammmmmmmmm






Agora parem lá de me chatear, já não têm desculpa


Ora, que queriam? com o frio que está lá fora.