05/10/2009

Em terra árida

Em terra árida
Encontrei prazeres profanos
Silenciei sentimentos
Mostrei meu corpo em êxtase
Em terra árida
Senti tão só a minha entrega
Meu corpo suado pelo delírio
Entregue somente pelo desejo
pelo momento e pelo prazer
Em terra árida
Não vi teus olhos na escuridão
Contudo tive-te sem te ter

*****
2009.08.14
nn-(in)-metamorphosis

Sem comentários:

Enviar um comentário