15/10/2009

Mãos cheias de nada



Na procura do esquecido,
mas sem ter o que lembrar,
com mãos cheias de nada
pensamento cheio de tudo
passos dados, agora sem onde
cabe olhar, sorrir, caminhar
Na procura do esquecido,
mas sem ter o que lembrar,
meio a medo,
descobrir
que sempre lá esteve,
escondido
com vergonha de se mostrar…
e se descoberto um tantinho
cabe pois, aprofundar
com mãos cheias de carinho
pensamento cheio de vontades
e desejo no olhar…


*****************
nn(in)metamorphosis
2009.10.15







1 comentário:

  1. mãos cheias de carinho e muita amizade ,
    não esqueças
    é isso que mais tens

    beijokas
    isa

    ResponderEliminar