16/10/2017

Uma triste amostra

O diálogo pode não ser o mais adequado, 
por vezes, 
mas verão que é compreensível.


Pergunto-me como se terão sentido os outros, 
aqueles que se sentiram a assar, 
em Pedrogão Grande, e agora também.

Será que os nossos governantes conseguem dormir? 
Desta vez o que foi, outro raio?
Será que não há culpados?
O que vai ser das pessoas que tudo perderam? 
A ver por Pedrogão, bem podem esperar sentados.

UMA VERGONHA

Um 1º ministro que nos apelida de infantis.

Uma ministra inoperante.

Um secretário que diz que não podemos estar à espera dos NOSSOS bombeiros dos NOSSOS aviões (palavras dele) 

Qual vosso qual quê!

 
Um comando da protecção civil feito por gaiatos na matéria.

Que RAIO fazeis vós com o nosso dinheiro?

Onde RAIO foram parar as promessas, para garantir votos?


Para quando uma lei que proíba a compra/venda de árvores queimadas?
Num instante os incêndios diminuíram


ESTOU FARTA!
DUM GOVERNO DESLUMBRADO
TRABALHEM
PARA ISSO VOS PAGAMOS


*****
2017-10-16
nn(in)metamorphosis

2 comentários:

  1. que aflição meu Deus!
    Esta gente não aprende nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Embora tenha ficado colada à cadeira, juro, não consigo imaginar. Se uma queimadura de forno me faz rasar os olhos, aquilo, não consigo mensurar, vai para além, da minha compreensão.

      Eliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.