07/06/2018

Cantemos


Quando a música mostra que as (in)diferenças são nada perante ela, leva-me a pensar que: se se falasse cantando, acordasse cantando, discutisse cantando, guerreasse cantando, o mundo seria um lugar fabuloso para se viver.



    

 Quando se funde cultura Árabe e Cigana 
e nos maravilhamos com o resultado


*****
2018-06-07
nn(in)metamorphosis

Rui Santos




11 comentários:

  1. Se bem que a cultura cigana é descendente directa...

    ...não fossem os ciganos descendentes de Egípcios!

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão controversa ainda, a sua originalidade: Egipto, Índia, Romenos e sei lá o que mais. Porém, nada disso importa, perante o resultado desta e de outras fusões com línguas e culturas tão distintas. Não é mesmo Sô Gil. :-)

      Eliminar
    2. É pois! Não deixa de ser interessante que a maior parte dos músicos podem até nem falar a mesma língua, mas se estiverem a tocar juntos tem uma linguagem comum que só partilha sentimentos e é tão mais pura por isso...
      Pudesse ser assim em todos os campos!

      Não é D. noname? :)

      Eliminar
    3. É sim, Sô Gil. Por isso disse que seria a beautiful world se nos expressássemos cantando :-)

      Eliminar
    4. Cantar já implica, na maior parte das vezes, palavras, e isso já complica tudo! :)

      Eliminar
    5. Pronto está bem. o mal está nas palavras. Bora lá ao curral matá-las a todas, antes elas que nos matem. :-)

      Eliminar
  2. Bastante interessante e agradável ! Costumo ouvir algumas vezes flamengo e gosto !
    Se me permitis gostaria de sugerir-te este excelente concerto da filha menos conhecida de Ravi Shankar, Anoushka Shankar !
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O link da coisa, ficou na caneta Sô RS? Faz favor de o trazer até aqui, para eu juntar ao meu :-)

      Eliminar
    2. https://youtu.be/7a1zU0yxk6c

      Eliminar
    3. Grata

      Já está lá encima :-)

      Eliminar
  3. Gosto! E sim, seria muito bom :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.