21/09/2017

Ilha dos Amores e a Fidalga



É deserta e paradisíaca
É a Ilha dos Amores
Não a cantada por Camões
Não, o paraíso construído por Vénus
Para os bravos conquistadores Lusitanos
Não se encontram Nereidas
Mas esconde mistérios e lendas
De donzela fidalga e filho de lavrador
Num proibido amor
Tem ruínas de uma torre
Tem pinheiro bravo e manso
Carvalhos, oliveiras
Tamargueiras e  juncos
Freixos, amieiros
Vegetação de beleza sem par
Senhora de três distritos e dois rios
 um deles é Douro






Terras e Lendas (desafio do -  O cantinho da Janita

*****
2017-09-21
nn(in)metamorphosis 

9 comentários:


  1. E tudo escrito em poema!
    Que lindo NN !! :)

    Não conhecia essa ilha e muito menos a lenda da donzela fidalga e do filho do lavrador... e do seu secreto amor!
    É de facto o amor que é o ingrediente principal de maior parte das lendas.

    Sabes que no Rio Minho, pertinho de Vila Nova de Cerveira, também há uma Ilha dos Amores? Portanto essa que serve de palco a esta bela lenda, senhora de três distritos e de dois rios, não é a única em Portugal, tal como sugere o «Blogue Douro».

    Gostei muito que tivesses participado. Fica também a tua participação registada AQUI.
    Beijinhos D'oiro
    (^^)

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Não conhecia a ilha e nem a lenda.
    Uma lenda em forma de poema tem outra dimensão.
    Gostei imenso de ler.
    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem, que há bloggers cheios de criatividade e que fomentam coisas destas e doutras. Num repente as coisas que ficamos a saber, uma maravilha.

      Abreijo

      Eliminar
  3. Também não conhecia, mas conheço perfeitamente a "Ilha dos Amores" de V. Nova de Cerveira, por sinal em perfeita forma de um coração ! :)
    Gostei, Noname ! ... Obrigado.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa não conheço. quem sabe ainda um dia vou conhecer :-)

      Eliminar
  4. Parabéns querida Noname, adorei esta bela Lenda, ainda mais ilustrada com tão lindas imagens do 'teu' sinuoso Rio Douro.
    Ninguém sente tanto o que escreve nem escreve com o teu sentimento.

    Um beijinho grande! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu queria responder-te mas eu não sei o que dizer, a não ser, obrigada :-)

      Abreijo apertadinho e repenicado

      Eliminar
  5. Ah os amores proibidos... :) Uma verdadeira inspiração, essa ilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No fundo, acho que todas as ilhas têm um não sei quê misterioso.

      :-)

      Eliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.