OUTRAS PUPAS

Outras pupas

16/05/2012

Cantigas ao desafio V




Horas ou a melancolia do adeus

Há um fenómeno de fim de tarde,
que me possui a cada dia.
Um baixar de pulsar do coração,
um olhar que perde intensidade e se fixa lá longe.
uma imagem clara e distinta
e uma imensa saudade
Sinto o tempo passar entre mim,
uma neblina fria nos ossos.
Os olhos arrasam-se-me de horizontes
e as memórias são pálidos murmúrios.
Sinto o tempo passar por mim
e as ideias caem devagar, em sopros outonais.
É mole o tecido desta vida e sinto…
Sinto a fragilidade do corpo nos ponteiros do relógio.

2012.05.16 (vc)
(cópia integral e autorizada)

 *****

Saudade
Um estranho sentimento
Não tem uma cor
Tem todas as cores
Não tem um sabor
Tem todos os sabores
Não tem um som
Tem todos os sons
Até mesmo o do silêncio…

Saudade
Um estranho sentimento

Difícil de explicar
Não tem hora p’ra chegar
Aninha-se de mansinho
Difícil de definir
Não tem hora p’ra partir
E se parte,
Parte bem devagarinho

P’ra voltar num outro dia
Trazendo melancolia…


        2010.11.30
nn(in)mertamorphosis


Sem comentários:

Enviar um comentário