07/08/2010

Peço paz...


Se a esperança periclita
Se o riso me sai triste
Eu peço Paz
Se o olhar da criançada
É obscuro e ausente
Eu peço paz
Se já na rua se mata e morre
Se alguém chama
E o acaso socorre
Eu peço paz

Se os sonhos se vão
E sonhar novo é ilusão
Eu peço paz

Se nos tiram o sono
Se se vive no abandono
Se não se vê o porvir
Eu peço…

Eu só quero paz…


*****************
nn(in)metamorphosis
2010.08.07


1 comentário: