05/06/2020

O mundo grande de uma miúda pequena



Há muito, muito tempo atrás, pensei que um dia o mundo seria meu. Nesse tempo, o mundo tinha o tamanho de uma viagem ao Porto, a Caminha ou a Sagres. Fui crescendo, e o meu mundo também. Pelo caminho fui-me apercebendo que o mundo, afinal, era enorme e nunca seria meu. Nem eu o queria já. O crescimento traz com ele a tomada de consciência. O mundo, enorme, era um sítio na maioria das vezes mau: sangrava demais, gritava de fome, de sede, de doença, de indiferença, de injustiça, e tinha degraus, feitos de gente de muitas cores e credos, por onde alguns subiam, com desdém, com arrogância, ou mesmo cegos, surdos e mudos.

Cresci um pouco mais e já só queria, e já só quero, o mundo pequeno que não esqueci, e que um dia julguei existir em tamanho grande.

A vivência e as notícias do dia a dia, categoricamente, me dizem que tudo foi imaginação e ideais de uma miúda pequena para um mundo grande, governado por homens muito pequenos.



***
2020-06-05
nn(in)metamorphosis


8 comentários:

  1. Decerto terá ouvido aos mais velhos, a minha avó dizia muitas vezes. "Fica-te mundo cada vez pior" E ela tinha razão. Há coisas que eu não consigo entender. Quanto mais o homem evolui, mais cresce a sua maldade, a sua avareza, a sua agressividade, o seu ódio e mais diminui a sua bondade, a sua generosidade e o seu espírito de paz e o seu amor. Não devia ser ao contrário?
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Bom dia noname, deixo-te esta citação de Oscar Wilde:
    "Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe."

    Bom fim de semana:)


    Oscar Wilde

    ResponderEliminar
  3. Ser-me-á permitido recordar Antoine Lavoisier quando disse que "na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".
    Isto pode ser uma forma diferente de encarar a vida.

    Boa tarde, dona no.

    ResponderEliminar
  4. Um texto fenomenal. Uma consciência de factos porventura análoga ao pensamento de muitos de nós aquando crianças. Gostei muito de ler e interiorizar...
    .
    Saudações poéticas
    Feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, Noname!
    A menina está boa ou não quer dizer? :))
    Parabéns pelo teu texto que é, uma verdadeira reflexão do que se julgava que o mundo fosse! 🌹🍀


    Beijos. Bom fim de semana!:)

    ResponderEliminar
  6. Vou repetir as palavras do Ricardo, por terem sido as que surgiram com naturalidade enquanto lia…

    "Um texto fenomenal"

    Entre a ilusão de um crescimento e o realismo da tomada de consciência e com valores pelo meio…

    ResponderEliminar
  7. Qua so somo crianças queremos crescer e aprender e conhecer o mundo e quando crescemos queremos ser crianças, felizes e inocentes como éramos antes de ver o mundo....
    Crescer dói.
    Posr fantástico Non. Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Crescer é tudo isso, e é bom passar por todas as etapas, sem as queimar.
    No final, que nos resta? É nesse embarque que reside o grande desígnio.

    Boa onda, Noname!

    Abraço

    ResponderEliminar

NOTA: Os comentários são moderados
1 - Os usados para publicitar o próprio blog serão eliminados.
2 - Os outros, tão breve quanto possível, serão publicados.
Grata pela compreensão.