26/11/2017

Depois dos mortos,


nada pior que: O silêncio dos bons

*****

Nei Duclós
Quando vier a guerra, e será breve
Veremos nosso bairro como a Síria
Fugiremos entre corpos empilhados
do quarto que perdeu quatro paredes

O barulho das balas, os pedágios
Onde o passe é tudo o que salvamos
Mais o terror de ver humanos
A criar atrocidades entre lobos
Cairão sobre nós junto ao remorso
De não termos levantado a tempo

O pesadelo é querer a paz
depois de mortos


(In: Palavra na pedra. Nei Duclós, 2017) 
 
 

2 comentários:

  1. Dá que pensar!! Nunca prevenimos, é o que é!
    Quando se fala em paz já matamos tudo e todos...:((

    Beijinhos, NN

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.