05/05/2015

Ademonia


Mordem-me as palavras que calo
Curva-me a humildade que não tenho, na dor que me mostra incapaz
Vergasta-me a raiva que aprisiono num lago já sem água



 *****
2015-05-05
nn(in)metamorphosis 


1 comentário:

  1. Onde é que a menina buscar essa profunda inspiração, hummm?
    Lindo!
    :)))

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.