OUTRAS PUPAS

Outras pupas

15/09/2010

Gosto



Gosto do sol a reflectir nas paredes

e da chuva a bater nas janelas
Gosto de andar descalça
e do cheiro a terra molhada
Gosto do marulhar do mar
e do longínquo do horizonte
Gosto das expressões do silêncio
e palavras ditas em surdina 
Gosto dos sorrisos que se cruzam
e das lágrimas que se afagam
Gosto das caricias
da agua do chuveiro
Gosto de sentar a dois
num sofá que é para um 
Gosto do toque subtil da pele
e do agarre forte de duas mãos
Gosto de dois corpos que se perdem
para se encontrarem num só
Gosto de sexo com ternura
mas prefiro-o com paixão
Gosto da rotina salpicada
de surpresas e dias diferentes 
Gosto da simplicidade
que a verdadeira partilha oferece
Gosto das pedras do caminho
servem para me sentar nelas 
Gosto da palavra pensada
e da concretização do acto
Gosto de sair sem destino
e de regressar com recordações
Gosto de parar o tempo
e quedar-me no deleite
Gosto de beber das lágrimas
de quem que já me deu sorrisos
Gosto de olhar fundo nos olhos
sem nunca desviar o olhar
Gosto de paixão ardente
e de juras que se cumprem
Gosto de pensar que existes
mesmo que nunca sejas meu
Gosto do toque suave
do desejo intenso e da mistura que os compõe
Gosto de sonhar um beijo agora
e guarda-lo para mais tarde
Gosto da mortalidade
e da mensagem que me transmite
Gosto das pessoas
e dos defeitos que lhes apuram as qualidades
Gosto da melancolia
acredito-a romântica e afago-a no que sou
Gosto de ser como sou
e de acreditar que posso ser melhor
Gosto de quem gosta de mim
e muitas vezes de quem não me gosta 
Gosto de mim
 do que tenho para dar e do que mereço receber


**************** 
       2010.09.15
nn(in)metamorphosis


Sem comentários:

Enviar um comentário