10/07/2018

É Verão



 
na aragem brinca a magia
as dores viram esquecimento
as lágrimas curto lamento
 
a tristeza vira alegria
oferece-se o sorriso
canta-se de improviso

douradas areias, maresia
luas de prata
amores de palha

É Verão
saio do surto
reaprendo  a viver 

*****
2018-07-10
nn(in)metamorphosis 


5 comentários:

  1. Ah poeta!
    Venha de la esse verão :)
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou filha do sol, gajinha :-)

      Beijo em TU

      Eliminar
  2. TU...
    ...filha do Sol
    neta da Lua
    amante do Verão
    és minha irmã...
    ...não de sangue,
    mas de coração.

    Beijinhos, NN. :)

    ResponderEliminar
  3. É Verão
    e para lá do pontão
    tudo parece parar.
    De repente, ligeira brisa,
    não é Hera nem Artemisa,
    é simples gaivota a voar.

    Beijinho, Noname :)

    ResponderEliminar
  4. Abençoado Verão que te dá inspiração para escrever coisas tão lindas!

    Beijinhos de sol
    (^^)

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.