31/01/2018

Long live, Mr. Simon.


Paul Simon despede-se dos palcos em Julho em Londres

Despedida será no Hyde Park

O músico norte-americano Paul Simon vai despedir-se dos palcos aos 76 anos com um último concerto, a 15 de julho, em Londres, foi hoje anunciado.

Uns porque se despedem dos palcos, outros porque se lhes acabou a vida, obrigam a que as minhas referências musicais sobrevivam na memória, no vinyl guardado como jóia, e nas modernices que se vão sucedendo umas às outras, sem tempo para fazer história.


*****
2018-01-31
nn(in)metamorphosis 


3 comentários:

  1. Estive no concerto em Lisboa há já quase uma vida atrás. Sou fã dele desde que me lembro e o concerto de Paul Simon, junto com o de Pink Floyd uns anos mais tarde e o The Wall de Roger Waters são os concertos que mais me tocarão!
    No de Paul Simon foi o Rui Veloso fazer a primeira parte, na altura dos Mingos e Samurais e deve ter sido a primeira vez que um artista Português teve 50.000 pessoas a cantar em coro uma música, a Paixão. O Rui calou-se e as lágrimas escorriam-lhe pela cara...

    Foi um concerto do caraçãs de um dos meus autores preferidos :)

    ResponderEliminar
  2. É uma prova de sensatez reconhecer a hora certa de abandonar os palcos ou outra profissão qualquer. Paul Simon soube fazê-lo. A sua música, bem como a de outros que partem para sempre, ficará cá para memória futura e alegria do presente.

    Beijos, Noname.

    ResponderEliminar
  3. Um grande senhor do mundo da música...

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.