OUTRAS PUPAS

Outras pupas

31/01/2017

Da solariedade

Já perto da uma, e o sol ainda não deu  um  arzinho da  sua graça. Então, porque raio de graça havia eu de dar?

*****
2017-01-31
nn(in)metamorphosis 

 

12 comentários:

  1. Está difícil de aparecer o sol mas também era muito necessária a chuva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas pode sempre fazer sol e chover, ou não?
      :-)

      Eliminar
  2. Porque és radiosa como o sol?

    (é uma hipótese, não é?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, poderia ser, mas não é. Estarei mais, para planeta, sem luz própria, como a lua, que só se vê, porque o sol está por detrás dela.

      Uma injustiça, é uma hipótese, não é?

      Eliminar
  3. Um raio, de graça,
    Era coisa de encantar.
    Porque raio de desgraça
    Eu havia de pagar?
    ;)

    Um beijinho, Noname :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que raio de chalaça
      imaginar pagar a graça
      que o sol nem veio a dar
      das 18 até já passa
      a noite está a chegar

      Beijinho AC - adorei a intervenção :-)

      Eliminar
  4. Prepara-te que amanhã vai piorar.
    Prevê-se uma forte tempestade
    e uma revolta do mar.

    Tás perto da costa ou mais para o interior? :)
    Agasalha-te e não saias de casa...

    Beijos de calmaria, Noname. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perto da costa, mas o longe suficiente para nem o cheiro chegar eheheh.

      Beijocas Janita

      Eliminar
  5. Raios partam a chuva
    Raios apareçam de sol
    Chiça! Não há nada que rime com chuva
    Mas tu rimas com sol.

    Boa noite Non

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A moda já nem é rimar
      Gajinha que isso não te apoquente
      Pões umas achas na fogueira
      agarra o gato mantém-te quente

      Beijo Gajinha

      Eliminar
  6. É mais fácil encontrares um melro branco que sol esta semana...
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje tudo é possível
      até as aves são de laboratório
      o canário é vermelho, Ágata, ou Nevado
      o amarelo nem vê-lo, e melro branco,é só pintá-lo

      Boa noite Lynce da malcata



      Eliminar