29/12/2012

Mais um ano



O fuso do tempo consome outro ano, como se fosse possível reiniciar a zero o relógio. Mas, na memória, entocam-se desejos que se recusam ao esquecimento, ficam ali, abscônditos, à espreita, a aguardar o incerto, a distração do destino, momento em que é possível transgredir o roteiro e reescrever o enredo antes que a manhã surja. Neste lapso, escapam do diapasão doentio e alcançam a força de um furacão de desafios que não conhecem os senão, os porquês, nem os fins, ignoram as leis, e ficam sonhos eternos.

******
      2012.12.29
nn(in)metamorphosis




5 comentários:

  1. Olha como acordaste hoje tão filósofa!...
    E não é que apreciei a filosofia?!...
    Até os sonhos eternos e os desejos passageiros dão realce a esses dias mal contados pelo relógio das horas... tão diferente do biológico de cada um de nós.
    Graças a Deus!!!

    ResponderEliminar
  2. Hoje estás deveras inspirada e envolta em beleza poética.
    Desejos que se recusam ao esquecimento.Que ignoram o quotidiano ingrato mas que se mantêm a aguardar uma pequena fresta para renasceram de novo.
    Diria que no presente sinto assim...

    ResponderEliminar
  3. noktua29/12/12

    Não vou repetir os elogios anteriores....mas parece que te inspiraste num tal dr.José Brites Inácio........lol

    ResponderEliminar
  4. Anónimo29/12/12

    A minha "alma" hoje tá parva!! (certo! eu disse: minha alma tá parva)
    Então hoje só leio textos que estão «quase» em absoluta sintonia de pensamento com os de des_!? E digo «quase» porque o des_ escreve por cima do passado, tornando-o quase esquecido! e....
    em cada novo dia do des__ começa um novo ano para o des___! as passagens são marcadas todos os dias por bem-querer a TODOS! Até áqueles que são desconhecidos por enquanto e aos que em determinada época fizeram por ser esquecidos e não foram. O des__, esquece de facto «quase» o passado, mas as almas desse passado até hoje não esqueceu nenhuma! O Richard Gimbrinhas?
    desse não me lembro! :)
    Mas lembro do "meliante" que me roubou a primeira namorada! E de facto eu já naqueles tempos queria muito bem ao rapaz, mas eu ainda era principiante nesta coisa ......! :(

    ResponderEliminar
  5. Apesar dos pesares é sempre uma oportunidade para repensar, programar e, porque não, criar novos sonhos.....que talvez também fiquem eternos quem sabe.....Aquele beijo!! :)

    ResponderEliminar

NOTA: Os comentários são moderados
1 - Os usados para publicitar o próprio blog serão eliminados.
2 - Os outros, tão breve quanto possível, serão publicados.
Grata pela compreensão.