06/02/2018

Uma braseira precisa-se




Eu, uma filha do norte, seria suposto ser resistente ao frio, mas não. Terei já, há uns anos, o termostato avariado, por via de ter provado do bom e belo sol africano. Não me conformo, mesmo que digam, e eu saiba, que é tempo dele. Está um frio que se vê, quase se morde, e morde sem dó.

*****
2018-02-06
nn(in)metamorphosis

5 comentários:

  1. Acho que um pedaço da sibéria se mudou para cá! Está mesmo um frio do caraças!

    Bjs NN

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem te digo nem te conto BM, tou qui tou tremendo que nem vara verde :-)

      Beijo em Tu

      Eliminar
  2. Mete-te na caminha com uma botija de água quente, vais ver que deixas de tiritar. :-)
    Dizem, os srs. meteorologistas, que na quinta-feira piora...Grrrrrrrrrr.

    Beijos quentinhos, NN

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Botijas? Eu? nimpó :-)

      Toma lá meia dúzia de beijos aos cubos,gelam pelo caminho eheheheh

      Eliminar
  3. Ai melher que ando aqui toda encolhida. Se a coisa não é aquece nem sei o que faça. Não estive em África mas não gosto de frio..

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.