17/05/2018

Those were the days


Que um dia, todos, pensamos nunca acabar, na fugaz ilusão juvenil.


Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos lutaríamos e nunca perderíamos
Pois éramos jovens e certos de que seria de nosso jeito
*****
Não é tristeza, nem saudosismo que me move
neste caso, é o constatar que há coisas que nunca mudam
por mais que a formação e informação chegue, hoje, a muitos mais
 por mais tecnologia a que os jovens tenham acesso
continuam iguais 
sonhadores
donos do seu destino e do mundo
só que não  :)
*****
2018-05-17
nn(in)metamorphosis 


4 comentários:

  1. Não sei porquê, mas este poema fez-me lembrar a letra do "Summer of 69" do Bryan Chicletes!


    Bom dia :)

    ResponderEliminar
  2. A protegida dos Beatles ! Bonita canção, sempre !!!

    ResponderEliminar
  3. Continua atual. Bjs e boa semana Non

    ResponderEliminar

  4. Voz linda e cristalina! :)
    Há que "séculos" não ouvia esta canção.
    Ainda bem que os jovens continuam sonhadores, independentemente da geração em que tenham nascido. Se o sonho se perder o mundo não mais pulará como bola colorida...

    Beijinhos às cores
    (^^)

    ResponderEliminar

Os comentários são moderados - tão breve quanto possível, serão publicados. Grata pela compreensão.