20/01/2014

O dia em que aprendemos a viver, ou começamos a morrer?



Um dia… aprendemos
a movermo-nos no silêncio dos caminhos empedrados, na suavidade da relva fresca, a amar o som das árvores, e o real valor da palavra contubérnio(1),  que viver, é mais do que estar pleno de vida, movermo-nos livremente e sentirmos com intensidade desmedida
 Aprendemos tudo isso, quando o corpo olvida a luxúria da carne viva.




(1) Vida em comum=Coabitação

Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].
Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].Vida en comum=
1. Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].
1. Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].
Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].
Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].
Vida em comum. = COABITAÇÃO

"contubérnio", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/contub%C3%A9rnio [consultado em 21-03-2014].



     *****
       2014.01.20
nn(in)metamorphosis


2 comentários:

  1. Aprendemos tudo isso quando o corpo olvida a luxúria da carne viva, porque somos espíritos a viver uma experiência terrena e não o contrário.Um dia aprendemos um caminho que nos leva a uma estrada de Luz, e vemos que o que chorámos e rimos, caímos e levantámos, amámos e sofremos, foram apenas ferramentas que nos ajudaram a crescer, a evoluir, e a vida neste plano foi como um jardim infantil onde aprendemos o que saberemos mais tarde, e será parte da bagagem que daqui levamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou em concordar convosco.E só eu sei quanto sou ignorante!

      Eliminar