16/09/2016

Era uma vez...



Desafio-vos a verem este vídeo, e contarem a história do que viram.


video

Era uma vez...


5 comentários:

  1. O produto do que os uniu foi o mesmo que os separou.

    ResponderEliminar
  2. Aquela massa informe tanto pode representar as obrigações diárias de uma vida a dois que são foco de discussão, como um filho que nenhum quer assumir.

    Ou então não é nada disto. :)

    ResponderEliminar
  3. O fruto de um amor. Amor esse que acabou destruído por ele...

    ResponderEliminar
  4. Era uma vez um homem e uma mulher que gostavam um do outro. O entendimento a nível físico era perfeito, o sexo maravilhoso. Mas, como nunca estamos contentes com o que temos, surge entre eles a questão do “amor”. Nenhum deles achava que o que sentiam seria “amor” um pelo outro. Não, entre eles havia apenas desejo. Mas a ideia do “amor” é como a água e às tantas já estavam a discutir e a usar a “ideia do amor” como arma de arremesso. Assim destruíram o desejo e raiaram o ódio, tudo por causa do “amor”.


    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
  5. Era uma vez...
    Um homem e uma mulher que se amavam, se entendiam e completavam. Como se fossem uma só pessoa.
    Um dia, sem que nenhum dos dois o desejasse, germinou no ventre dela o fruto desse amor. Como não foi desejado, não nasceu.
    A partir desse dia, a culpa ou o remorso fez com que se acusassem mutuamente. A discórdia instalou-se entre eles e o desamor também.
    Acabaram por sucumbir, ambos, num mar de desalento...

    Beijocas, Noname! :)

    ResponderEliminar