OUTRAS PUPAS

Outras pupas

29/04/2016

Dia Mundial da Dança


29 de Abril
video
noname aconselha
comemore dançando

***
A dança e a alma

A dança? Não é movimento,
súbito gesto musical.
É concentração, num momento,
da humana graça natural.
No solo não, no éter pairamos,
nele amaríamos ficar.
A dança – não vento nos ramos:
seiva, força, perene estar.
Um estar entre céu e chão,
novo domínio conquistado,
onde busque nossa paixão
libertar-se por todo lado…
Onde a alma possa descrever
suas mais divinas parábolas
sem fugir à forma do ser,
por sobre o mistério das fábulas.
Carlos Drummond Andrade



*****
2016-04-29
nn(in)metamorphosis


28/04/2016

Dia mundial do sorriso


Mesmo sabendo, que o mundo tem muito poucas razões para sorrir.
Ainda assim, espero deixar nos teus lábios  nem que seja só um leve trejeito, esgar, careta.


Ora aí vai:


O MANELI E A DROGA ESCONDIDA



Estouuuu… é da GNR ?
– É sim, em que posso ajudá-lo ?
– Queria fazer queixa do mê vizinho Maneli. Ele esconde droga dentro dos troncos da madeira pra larera.
– Tomámos nota. Muito obrigado por nos ter avisado. 
No dia seguinte os guardas da GNR estavam em casa do Manel. Procuraram o sítio onde ele guardava a lenha, e usando machados abriram ao meio todos os toros que lá havia, mas não encontraram droga nenhuma. Praguejaram e foram-se embora. 
Logo de seguida toca o telefone em casa do Manel.
-Oh Maneli, já aí foram os tipos da GNR?
– Já.
– E racharam-te a lenha toda?
– Sim! 
– Então feliz Dia do Sorriso, amigo! Esse foi o mê presente deste ano!


*****
Consegui?
Então já valeu a pena
O que eu estimo, é o que te desejo
Até para o ano e alguns sorrisos :)



20/04/2016

A alegria da tristeza



 No olhar
poços de água

sonhos feitos em nada
que o carpido apazigua

 No abraço
tristezas e alegrias

silêncios a quem doeu
esperanças  esvaecidas

 No andar
decesso da ilusão

tropeços nos pedaços
vazios do coração

 No sonho
tem asas, sorri

nele vive morrendo
e morrendo vive em si


 *****
2016-04-20 
nn(in)metamorphosis

13/04/2016

Somos donos do quê?



Que irónica é a vida
leva a tristeza p'ra longe
p'ra que conheças a felicidade
interrompe o barulho 
p'ra que aprecies o silêncio
impõe-te a ausência 
p'ra que reconheças o valor da presença 
mas 
de um momento para o outro
numa onda
traz tudo de novo
Talvez
para nos lembrar
que dela
jamais seremos timoneiros
 que é ela 
quem guia
quem dirige
quem escuta as ondas
quem sente o vento...


*****
2016-04-13
nn(in)metamorphosis

07/04/2016

SOL



Hoje, quando acordei e abri a janela, ficou-se-me um sorriso, pintado em cores impressionistas, que permanece, ainda, a esta hora.


*****
2016-04-07 
nn(in)metamorphosis