13/01/2016

Parabéns mãe


Chegas-me à memória, muitas vezes, pelas mais pequenas coisas, e dói ainda a saudade. 
Hoje chegaste-me aniversariante. 
Parabéns mãe.

*****
2015-01-13
nn(in)metamorphosis


6 comentários:

  1. Parabéns!
    Nunca as esqueceremos na memória, todos os dias.
    Beijinho.:)

    ResponderEliminar
  2. :) fica o meu abraço.
    Bem hajas pelo teu gesto e pela memória que manténs bem luminosa em homenagem à tua mãe.

    ResponderEliminar
  3. Sei bem do que falas. Abraço apertado Noname. Os nossos pilares, ainda que já não estejam conosco fisicamente, estarão sempre presentes.

    ResponderEliminar
  4. Pequeno Poema

    Quando eu nasci,
    ficou tudo como estava.

    Nem homens cortaram veias,
    nem o Sol escureceu,
    nem houve estrelas a mais...
    Somente,
    esquecida das dores,
    a minha Mãe sorriu e agradeceu.

    Quando eu nasci,
    não houve nada de novo
    senão eu.

    As nuvens não se espantaram,
    não enlouqueceu ninguém...

    Pra que o dia fosse enorme,
    bastava
    toda a ternura que olhava
    nos olhos de minha Mãe...

    Sebastião da Gama, in 'Antologia Poética'

    ResponderEliminar
  5. Aconchegamo-nos nas memórias do amor maternal.

    Beijos, noname. :)

    ResponderEliminar
  6. Saudade, uma presença em permanente aconchego. Assim se saiba preservar a memória.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar