09/06/2014

Do tempo...





Tempinho irritante, este. Um dia morno, nublado, chuviscado, com um sol envergonhado que espreita, quando pode, e o vento que me despenteia o cabelo e a paciência.

Está bem, é verdade: Gosto de chuvas de Verão, mesmo tendo pavor das trovoadas. Gosto do cheiro a terra molhada, mesmo tremendo, com a imagem dos rios de lama, que podem levar todos os sonhos por sonhar. Gosto de musicais antigos, onde o galã diz, a cantar à chuva, que é feliz, mesmo que a acção esteja completamente à margem da realidade mas… o que eu gosto, gosto mesmo, é de um sol amarelo, brilhante, num céu azul, iluminando um mar chão. E gosto, tanto, quando o meu sorriso tropeça num outro sorriso, que sorri para mim, assim do nada, só porque sim.

Tempinho irritante, este…



          *****
        2014.06.09
 nn(in)metamorphosis 










Sem comentários:

Enviar um comentário