29/12/2012

Mais um ano



O fuso do tempo consome outro ano, como se fosse possível reiniciar a zero o relógio. Mas, na memória, entocam-se desejos que se recusam ao esquecimento, ficam ali, abscônditos, à espreita, a aguardar o incerto, a distração do destino, momento em que é possível transgredir o roteiro e reescrever o enredo antes que a manhã surja. Neste lapso, escapam do diapasão doentio e alcançam a força de um furacão de desafios que não conhecem os senão, os porquês, nem os fins, ignoram as leis, e ficam sonhos eternos.

**************** 
      2012.12.29
nn(in)metamorphosis




5 comentários:

  1. Olha como acordaste hoje tão filósofa!...
    E não é que apreciei a filosofia?!...
    Até os sonhos eternos e os desejos passageiros dão realce a esses dias mal contados pelo relógio das horas... tão diferente do biológico de cada um de nós.
    Graças a Deus!!!

    ResponderEliminar
  2. Hoje estás deveras inspirada e envolta em beleza poética.
    Desejos que se recusam ao esquecimento.Que ignoram o quotidiano ingrato mas que se mantêm a aguardar uma pequena fresta para renasceram de novo.
    Diria que no presente sinto assim...

    ResponderEliminar
  3. Não vou repetir os elogios anteriores....mas parece que te inspiraste num tal dr.José Brites Inácio........lol

    ResponderEliminar
  4. A minha "alma" hoje tá parva!! (certo! eu disse: minha alma tá parva)
    Então hoje só leio textos que estão «quase» em absoluta sintonia de pensamento com os de des_!? E digo «quase» porque o des_ escreve por cima do passado, tornando-o quase esquecido! e....
    em cada novo dia do des__ começa um novo ano para o des___! as passagens são marcadas todos os dias por bem-querer a TODOS! Até áqueles que são desconhecidos por enquanto e aos que em determinada época fizeram por ser esquecidos e não foram. O des__, esquece de facto «quase» o passado, mas as almas desse passado até hoje não esqueceu nenhuma! O Richard Gimbrinhas?
    desse não me lembro! :)
    Mas lembro do "meliante" que me roubou a primeira namorada! E de facto eu já naqueles tempos queria muito bem ao rapaz, mas eu ainda era principiante nesta coisa ......! :(

    ResponderEliminar
  5. Apesar dos pesares é sempre uma oportunidade para repensar, programar e, porque não, criar novos sonhos.....que talvez também fiquem eternos quem sabe.....Aquele beijo!! :)

    ResponderEliminar