OUTRAS PUPAS

Outras pupas

11/05/2010

Sou assim... tão diferente?

Também eu, tenho dias “sim” e dias “não”

Sou assim tão diferente em relação aos outros? Vivo num mundo diferente? Não sinto eu as mesmas coisas? Sinceramente por vezes, muitas vezes, questiono-me!
Acredito na minha essência, acredito na pessoa que sou, e não concebo viver de outra maneira, afinal de contas, é a minha vida, como tal, porque teria que ser como os outros? Por ser politica e socialmente correcto? Não me lixem! Jamais serei hipócrita, porque isso me faria infeliz, não sou dona de verdades absolutas e por isso não sou avessa a mudanças, já alterei muitas coisas na minha forma de estar, sempre por opção, nunca porque "tinha que", mas não me peçam aquilo que não posso dar.
Nunca prometo o que não sei se posso cumprir, embora viva num mundo que funciona assim, mas não me queiram obrigar a aceitar tudo e acreditar nas promessas que ouço. Acredito em vontades de querer, mas que se resumem a isso mesmo, vontades. Se os objectivos são alcançados, óptimo, mas se não são, não crucifico ninguém, como tal, não admito que me queiram crucificar a mim. Tento, luto por causas e por tudo o que ache valer a pena, mas não invento nem crio falsas expectativas. 


Sou por isso diferente?
Sou?

Se sou, ainda bem que sou, porque vivo de bem comigo, e acima de tudo, à noite quando me deito, a minha consciência não me perturba. Se ser diferente é não especular, não intervir sempre, não querer mostrar sempre, o que sinto e o que sou, ter o direito de ter dias “sim” e dias “não”, então eu assumo, sou diferente...mas nunca deixo de ser eu!



**************** 
 2010 MAI 10
nn-(in)-metamorphosis


Sem comentários:

Enviar um comentário